top of page
Search
  • Campeonato Portugal Velocidade

Dupla anglo-mauriciana vai defender o título



O Iberian Supercars e o Campeonato de Portugal de Velocidade não seduzem apenas pilotos e equipas de Portugal e Espanha, havendo igualmente concorrentes de outras latitudes, como é o caso de Dave Benett e Marcus Fothergill, que depois do título de 2023, reforçam a sua aposta para a próxima temporada. 



O duo anglo-mauriciano vinha a participar em corridas de endurance no Reino Unido, mas tinha o desejo de competir nas pistas icónicas da Península Ibérica, próximas de grandes cidades e de zonas de grande interesse turístico, como é o caso do Estoril, Jarama, Jerez ou Portimão, beneficiando ainda do excelente clima que se pode experimentar nesta zona europeia ao longo de quase todo ano. 



A escolha lógica de Dave Benett e Marcus Fothergill foi rumar ao Iberian Supercars Endurance e Campeonato de Portugal de Velocidade com um Porsche 911 Cup inscrito na divisão Cup, que se destina a Porsches ex-troféu e está integrada na categoria GTC (esta categoria agrega ainda a divisão GTX). Dave Benett sublinha a vontade que sentia em rumar a novas e apelativas paragens, assim como do seu colega de equipa, enfatizando que a aposta foi ganha independentemente dos resultados: “queríamos pilotar em circuitos europeu famosos, depois de ter competido durante muitos anos no Reino Unido. Gostámos muito do histórico circuito de Jarama e de Jerez, assim como do lendário Estoril”



O duo da Tockwith Motorsports – equipa que tem ainda diversos Ginetta para alugar para a próxima temporada – foi uma das forças em pista na divisão Cup e na categoria GTC, muito embora visitasse os circuitos que desconheciam. No final do ano, com uma performance notável, Dave Benett e Marcus Fothergill conquistavam o ceptro da Cup no Iberian Supercars Endurance e no Campeonato de Portugal de Velocidade.



O duo anglo-mauriciano disputou ainda o título da GTC do certame ibérico até à última prova, ficando com os mesmos pontos dos Campeões, Álvaro Ramos e Fernando Soares, tendo sido o número de vitórias, o primeiro factor de desempate, favorável à dupla do Aston Martin Vantage AMR GT4. Marcus Fothergill enfatiza os desafios que enfrentou juntamente com o seu companheiro e garante a presença do Porsche 911 Cup do duo anglo-mauriciano na temporada de 2024. “Vamos defender o nosso título!”, começou por dizer, acrescentando: “foi a nossa primeira temporada. Vencer o ceptro da Cup foi uma grande honra e ficámos muito satisfeitos por termos sido competitivos onde nunca tínhamos andado anteriormente”



Na temporada de 2024 todas os eventos competitivos terão dois dias – sábado e domingo – mas serão precedidos, na sexta-feira, por duas sessões de testes privados de uma hora cada uma, permitindo que os pilotos possam optar por participar apenas nas sessões oficiais, ou começar a preparar o fim-de-semana logo com os ensaios não competitivos. Marcus Fothergill olha para esta alteração com o uma decisão muito positiva, uma vez que para os ‘Gentlemen Drivers’, que não têm tempo para testar durante o inverno, esta é uma oportunidade para ganhar ritmo.




“Infelizmente, devido aos nossos compromissos profissionais, vamos ter algumas dificuldades em realizar alguns testes de inverno, mas os novos horários vão ajudar-nos com os testes extra nos eventos, o que nos dará mais tempo no carro”, concluiu o inglês. 


A temporada de estreia do duo anglo-mauriciano no Iberian Supercars e no Campeonato de Portugal de Velocidade dificilmente poderia correr melhor e isso não é um motivo menosprezável na sua continuidade no certame, mas os circuitos icónicos da Península Ibérica e os destinos cosmopolitas são determinantes para que Dave Benett e Marcus Fothergill prossigam na competição, assim como as condições para que os ‘Gentlemen Drivers’ possam evoluir, um ponto que é de capital importância.





24 views0 comments
bottom of page