top of page
Search
  • Campeonato Portugal Velocidade

Início de temporada emocionante


- Elias Niskanen lutam, mas vencem ambas as corridas - Daniel Teixeira e Alvaro Fontes/Miguel Gomez dividem nos Turismos - João Vieira e dupla do Aston Martin destacam-se nos GTC

Corrida 1 - Nuno Pires e Elias Niskanen abrem temporada a ganhar


Nuno Pires e Elias Niskanen, em Mercedes-AMG GT4, triunfaram na primeira corrida da temporada do Campeonato de Portugal de Velocidade e do ibérico Supercars Endurance, que se realizou hoje no Autódromo Internacional do Algarve, ao passo que Daniel Teixeira, Cupra TCR, venceu entre os Turismos e João Vieira, Porsche 911 Cup, nos GTC. A prova começou com problemas o duo formado por José Carlos Pires e Francisco Abreu, no BMW M4 GT4 da Speedy Motorsport, uma vez que não foram para a pré-grelha antes do semáforo do ‘pit-lane’ passar a vermelho, o que os obrigou a arrancar da via das boxes. Porém, a prova iniciou-se com o Safety-Car em pista, dado que Bruno Pires, no Ginetta G55 GT4 da Tockwith Motorsports, parou em pista na volta de aquecimento com problemas de transmissão. Assim que as bandeiras verdes foram mostradas, José Carlos Pires começou a recuperar posições, ao passo que na frente, Nuno Pires, no Mercedes-AMG GT4 da Lema Racing, liderava, mas acossado pelo Audi R8 LMS GT4 da Veloso Motorsport pilotado por Jorge Rodrigues, acabando este por chegar ao comando. No entanto, o Safety-Car voltaria à pista quando estavam decorridos doze minutos de prova, coincidindo com a abertura da via das boxes para a troca de pneus, o que acabou por ser um momento estratégico que foi decisivo para o desfecho da classificação. José Carlos Pires e Jorge Rodrigues rumaram imediatamente à via das boxes, enquanto Nuno Pires e os Mercedes-AMG GT4 da NM Racing Team e da Racar se mantiveram em pista, trocando de pilotos já com corrida em bandeira verde. Estes últimos perderam muito tempo, ficando afastados da luta pela primeira posição, que ficou nas mãos de Francisco Abreu (BMW M4 GT4 da Speedy Motorsport) e de Patrick Cunha (Audi R8 LMS GT4 da Veloso Motorsport). O piloto da madeira acabaria por ultrapassar o seu adversário de Braga, caminhando com segurança para a linha de meta, seguido do Audi da Veloso Motorsport, que venceu na GT4 Bronze, ao passo que Elias Niskanen, depois do atraso devido à paragem fora da situação de Safety-Car, com um ritmo forte, conseguiu recuperar até terceiro. No final, José Carlos Pires apontava “que tinha sido uma corrida difícil e de trás para a frente, mas conseguimos”, ao passo que Francisco Abreu sublinhava que “temos de melhorar o carro, uma vez que em ritmo de corrida ainda não somos tão consistentes como os Mercedes-AMG”. No entanto, após a prova, os pilotos do BMW M4 GT4 e do Audi R8 LMS GT4 seriam penalizados com trinta e nove segundos, por terem cometido uma irregularidade no procedimento de Safety-Car, o que promoveu o Mercedes-AMG GT4 da Lema Racing ao primeiro posto, tendo Nuno Pires e Elias Niskanen acabado por triunfar, seguidos de José Carlos Pires/Francisco Abreu e Jorge Rodrigues/Patrick Cunha. No sexto lugar da geral, João Vieira, em Porsche 911 Cup da Garagem Aurora, foi o vencedor da GTC e da divisão Cup, sendo precedido, por esta ordem, pelo BMW M4 GT4 da Batina Racing (Sérgio Azevedo/Orlando Batina) e pelo McLaren 570S GT da McLaren Barcelona – SMC Racing (Andrius Zemaitis/Alejandro Geppert). Álvaro Ramos e Fernando Soares impuseram-se entre os GTX aos comandos do belíssimo Aston Martin Vantage AMR GT4, com o décimo primeiro posto, muito próximos de Alfonso Colomina (McLaren 570S GT4), que foi décimo atrás dos seus adversários da GT4 Bronze, Calheiros/Macedo e Alberto de Martín/Nil Montserrat, estas duas equipas em Mercedes-AMG GT4. Entre os Turismos verificou-se uma luta muito interessante entre o BMW M2 CS Racing pilotado por Alvaro Fontes e o Cupra TCR de Daniel Teixeira, que perdeu o comando no arranque. No entanto, o português da JT59 Racing Team, que se debateu na corrida toda com problemas de caixa de velocidades, conseguiu suplantar os homens da Escuderia Faraón, devido a uma passagem pelas boxes com penalização por parte destes (não cumpriu o tempo mínimo de paragem), vencendo, apesar de alguns problemas técnicos no seu carro, os Turismos. Nas posições seguintes da categoria ficaram os seus rivais e Borja Hormigos/Héctor Hernández, no BMW M240i Racing da Autoworks Motorsport. “Foi uma corrida com uma grande luta com o Alvaro (Fontes), sempre limpa. Acabei por beneficiar dos problemas deles, dado que estava também com dificuldades técnicas no meu carro”, apontou o vencedor dos TCR. Entre os ‘jovens lobos’ do FPAK Junior Team, Henrique Cruz sentiu-se indisposto e não pôde participar na corrida, o que deixou Lourenço Monteiro sozinho aos comandos do Ginetta G40 nº103, acabando por vencer esta luta particular, batendo por três segundos Mariana Machado/Duarte Pinto Coelho e por nove a dupla Duarte Camelo/Gabriel Caçoilo.

CORRIDA 2 - Elias Niskanen e Nuno Pires repetem vitória

Nuno Pires e Elias Niskanen (Mercedes-AMG GT4) venceram a segunda corrida do Campeonato de Portugal de Velocidade e do ibérico Supercars Endurance do evento do Algarve Welcome Sprint, que abriu a temporada, ao passo que Miguel Gomez e Alvaro Fontes (BMW M2 CS Racing) triunfaram entre os Turismos e Álvaro Ramos e Fernando Soares (Aston Martin Vantage AMR GT4) se impuseram nos GTC. A corrida começou, uma vez mais, de forma dramática para a equipa do BMW M4 GT4 da Speedy Motorsport, que arrancava da pole-position, uma vez que na primeira curva, verificou-se um contacto entre Francisco Abreu e o Mercedes-AMG GT4 de Nil Montserrat, deixando o carro de Munique parado na pista a ‘olhar’ para o sentido errado, o que o atirou para a última posição. Elias Niskanen, que partiu de segundo, assumiu o comando com o piloto do Mercedes-AMG GT4 da NM Racing Team no seu encalço, passando os dois a imprimir um andamento fortíssimo que os levou a distanciar-se do resto do pelotão. O Campeão em título nunca conseguiu ter uma vantagem superior a três segundos, e foi assim que ambos entraram para as boxes, para a troca de pilotos, mas com a desvantagem da parte do Mercedes-AMG GT4 da Lema Racing, uma vez que, depois do triunfo na primeira corrida, tinha um handicap de dez segundos. De facto, o carro da NM Racing Team, já com Alberto de Martín, saiu do ‘pit-lane’ no comando, mas durante a sua volta de saída, perderia um lugar para Manuel Gião, em Mercedes-AMG GT4 da Racar, e na aceleração da recta de meta submeter-se-ia ao carro de Estugarda da Lema Racing, que estava já nas mãos de Nuno Pires e que ascenderia a segundo. O Campeão em título da GT4 Pro – o ano passado fez equipa com Elias Niskanen – parecia caminhar para a sua primeira vitória da temporada juntamente com Carlos Vieira, o seu colega de equipa, mas já perto do final da prova receberia uma penalização por não ter cumprido o tempo de paragem nas boxes, o que atirou para a décima posição final. Nuno Pires ascendia assim ao comando, garantindo a segunda vitória do dia para si e para Elias Niskanen, cortando a linha de meta na frente de Alberto de Martín e Nil Montserrat no Mercedes-AMG GT4 da NM Racing Team. “Foi um bom início de temporada com duas vitórias, só nos faltou os pontos das pole-positions, mas apanhámos muito tráfego”, afirmou Elias Niskanen, ao passo que o seu colega de equipa Nuno Pires sublinhava “começámos a trabalhar todos juntos, eu, o Elias e a Lema Racing, há um mês e meio e temos ainda margem de progressão. Vamos trabalhar para estarmos ainda mais fortes em Jarama”. No entanto, após a corrida, Nil Montserrat e Alberto de Martín foram penalizados pelo incidente no início da prova, perdendo o segundo lugar da geral e a vitória na GT4 Bronze, que foi herdada por Patrick Cunha e Jorge Rodrigues, no Audi R8 LMS GT4 da Veloso Motorsport. Nas posições seguintes ficaram Francisco Carvalho/Nuno Baptista (McLaren 570S GT4 da Araújo Competição) e Bruno Pires/Fábio Mota (Ginetta G55 GT4 da Tockwith Motorsport). Depois de ter lutado pelo triunfo entre os concorrentes dos Turismos na primeira corrida com Daniel Teixeira, que não pôde participar na prova da tarde devido a problemas de caixa de velocidades, Alvaro Fontes e Miguel Gomes, em BMW M2 CS Racing, conquistaram o primeiro posto da categoria ao bater o BMW M240i Racing da Autoworks Motorsport (Borja Hormigos/Héctor Hernández), o vencedor dos TC, e o Cupra TCR de Manuel Sousa e Luís Silva, e o vencedor dos TCR. Álvaro Fontes destacou “a qualidade do campeonato, que tem muitos carros e com um nível elevado e ritmos muito semelhantes, o que permite muitas lutas. Diverti-me muito e esta vitória é fantástica até porque Miguel esteve muito bem”. Não muito distante do BMW da Escuderia Faraón ficaram os vencedores da GTC, Álvaro Ramos e Fernando Soares, que voltaram a impor-se na divisão GTX aos comandos do vistoso Aston Martin Vantage AMR GT4 ao bater João Vieira (Porsche 911 Cup da Garagem Aurora), o vencedor da categoria no primeiro confronto da jornada e que conquistou a divisão Cup. “Correu muito bem a corrida”, disse Álvaro Ramos, acrescentando Fernando Soares “foi um fim-de-semana quase perfeito, com duas vitórias na nossa divisão”. Na terceira posição da GTC ficou o Ginetta G50 da Tockwith Motorsport de Tomás Pinto Abreu e Simon Moore, que celebrava o seu aniversário este fim-de-semana. Duarte Camelo e Gabriel Caçoilo foram os melhores dos Ginetta G40 da FPAK Junior Team, continuando a ganhar experiência no mundo das corridas de automóveis. A próxima etapa do Campeonato de Portugal de Velocidade e Supercars Endurance terá lugar no Circuito de Jarama nos dias 10 e 11 de Junho. CORRIDA 1 - CLASSIFICAÇÃO 01 Lema Racing Mercedes-AMG GT4 Nuno Pires / Elias Niskanen GT4 Pro 21 voltas em 46m39,735s 02 Speedy Motorsport BMW M4 GT4 (G82) José Carlos Pires / Francisco Abreu GT4 Pro a 4,465s 03 Veloso Motosport Audi R9 LMS GT4 Patrick Cunha / Jorge Rodrigues GT4 Bronze a 21,926s 04 Batina Racing BMW M4 GT4 (F82) Sérgio Azevedo / Orlando Batina GT4 Pro a 30,111s 05 McLaren Barcelona – SMS Motorsport McLaren 570s GT4 Andrius Zemaitis /Alejandro Geppert GT4 Pro a 41,548s 06 Garagem Aurora Porsche 911 Cup João Vieira Cup a 1m00,176s 07 NM Racing Team Mercedes-AMG GT4 Guillermo Aso / Gilles Vannelet GT4 Pro a 1m09,635s 08 Lema Racing Mercedes-AMG GT4 Luís Calheiros / Paulo Macedo GT4 Bronze a 1 volta 09 NM Racing Team Mercedes-AMG GT4 Alberto de Martín / Nil Montserrat GT4 Bronze a 1 volta 10 McLaren Barcelona – SMS Motorsport McLaren 570s GT4 Alfonso Colomina GT4 Bronze a 1 volta 11 Araújo Competição Aston Martin Vantage AMR GT4 Álvaro Ramos / Fernando Soares GTX a 1 volta 12 Tockwith Motorsports Porsche 911 Cup Marcus Fothergill / Dave Bennet a 1 volta 13 JT59 Racing Team Cupra TCR Daniel Teixeira TCR a 1 volta 14 Escuderia Faraón BMW M2 CS Racing Alvaro Fontes / Miguel Gomez M2 a 1 volta 15 Racar Mercedes-AMG GT4 Manuel Gião / Carlos Vieira a 1 volta 16 Tockwith Motorsports Ginetta G50 Tomás Pinto Abreu / Simon Moore GTX a 1 volta 17 Autoworks Motorsport BMW M240i Racing Borja Hormigos / Héctor Hernández TC a 1 volta 18 Araújo Competição McLaren 570s Trophy Manuel Vistas / Rúben Vaquinhas GTX a 1 voltas 19 Grupo TDS Cupra TCR Manuel Sousa / Luís Silva TCR a 1 volta 20 Tockwith Motorsports Ginetta G50 Steve Kirton / Jonathan Elsworth GTX a 1 volta 21 FPAK Junior Team Ginetta G40 Henrique Cruz / Lourenço Monteiro TC a 2 voltas 22 FPAK Junior Team Ginetta G40 Mariana Machado / Duarte Pinto Coelho TC a 2 voltas 23 FPAK Junior Team Ginetta G40 Duarte Camelo / Gabriel Caçoilo TC a 2 voltas 24 PDAuto Audi RS3 LMS TCR Paulo Silva TCR 2m11,088s a 2 voltas 25 Speedy Motorsport Porsche Cayman GT4 Clubsport (981) André Nabais / Miguel Nabais GTX a 8 voltas 26 Tockwith Motorsports Ginetta G55 GT4 Bruno Pires / Fábio Mota GT4 Pro a 10 voltas 27 Monteiros Competição Porsche 911 Cup Rui Mirita a 15 voltas 28 Araújo Competição McLaren 570s GT4 Francisco Carvalho / Nuno Batista GT4 Bronze a 20 voltas CORRIDA 2 - CLASSIFICAÇÃO PROVISÓRIA 01 Lema Racing Mercedes-AMG GT4 Nuno Pires / Elias Niskanen GT4 Pro 21 voltas em 45m28,647s 02 NM Racing Team Mercedes-AMG GT4 Alberto de Martín / Nil Montserrat GT4 Bronze a 3,599s 03 Veloso Motosport Audi R9 LMS GT4 Patrick Cunha / Jorge Rodrigues GT4 Bronze 15,790s 04 Araújo Competição McLaren 570s GT4 Francisco Carvalho / Nuno Batista GT4 Bronze a 15,992s 05 Tockwith Motorsports Ginetta G55 GT4 Bruno Pires / Fábio Mota GT4 Pro a 19,787s 06 McLaren Barcelona – SMS Motorsport McLaren 570s GT4 Andrius Zemaitis /Alejandro Geppert GT4 Pro 22,800s 07 Lema Racing Mercedes-AMG GT4 Luís Calheiros / Paulo Macedo GT4 Bronze a 25,263s 08 Batina Racing BMW M4 GT4 (F82) Sérgio Azevedo / Orlando Batina GT4 Pro 29,477s 09 McLaren Barcelona – SMS Motorsport McLaren 570s GT4 Alfonso Colomina GT4 Bronze a 58,289s 10 Racar Mercedes-AMG GT4 Manuel Gião / Carlos Vieira a 1m03,873s 11 Speedy Motorsport BMW M4 GT4 (G82) José Carlos Pires / Francisco Abreu GT4 Pro a 1m07,463s 12 NM Racing Team Mercedes-AMG GT4 Guillermo Aso / Gilles Vannelet GT4 Pro 2m14,304s 13 Escuderia Faraón BMW M2 CS Racing Alvaro Fontes / Miguel Gomez M2 a 1 volta 14 Araújo Competição Aston Martin Vantage AMR GT4 Álvaro Ramos / Fernando Soares GTX a 1 volta 15 Garagem Aurora Porsche 911 Cup João Vieira Cup a 1 volta 16 Tockwith Motorsports Ginetta G50 Tomás Pinto Abreu / Simon Moore GTX a 1 volta 17 Autoworks Motorsport BMW M240i Racing Borja Hormigos / Héctor Hernández TC a 1 volta 18 Tockwith Motorsports Ginetta G50 Steve Kirton / Jonathan Elsworth GTX a 1 volta 19 Tockwith Motorsports Porsche 911 Cup Marcus Fothergill / Dave Bennet a 1 volta 20 Speedy Motorsport Porsche Cayman GT4 Clubsport (981) André Nabais / Miguel Nabais GTX a 2 voltas 21 Araújo Competição McLaren 570s Trophy Manuel Vistas / Rúben Vaquinhas GTX a 2 voltas 22 Grupo TDS Cupra TCR Manuel Sousa / Luís Silva TCR a 2 voltas 23 FPAK Junior Team Ginetta G40 Duarte Camelo / Gabriel Caçoilo TC a 2 voltas 24 Monteiros Competição Porsche 911 Cup Rui Mirita a 8voltas 25 PDAuto Audi RS3 LMS TCR Paulo Silva TCR a 15 voltas 26 FPAK Junior Team Ginetta G40 Mariana Machado / Duarte Pinto Coelho TC a 20 voltas










139 views0 comments

Comments


bottom of page