top of page
Search
  • Campeonato Portugal Velocidade

Vencedores da GT4 Bronze já trabalham na próxima época





A dupla da Veloso Motorsport, Jorge Rodrigues e Patrick Cunha, teve um final de temporada de 2022 desapontante, mas em 2023 foi uma das grandes forças do Iberian Supercars Endurance e Campeonato de Portugal, conquistando o ceptro da divisão GT4 Bronze, e está determinada em repetir o sucesso em 2024.


Em 2022, o duo do Audi R8 LMS GT4 esteve na luta pelas vitórias e pelo título da sua divisão, mas no derradeiro evento da temporada, realizado no Autódromo do Estoril, viram o ceptro escapar-lhes por entre os dedos.





No entanto, nem por isso Jorge Rodrigues e Patrick Cunha baixaram os braços e, na época passada, voltaram às pistas enfrentando a forte oposição de Nil Montserrat e Alberto de Martín, em Mercedes AMG GT4 da NM Racing Team.


Foi um duelo intenso, mas no último evento da temporada, tendo uma vez mais o Autódromo do Estoril como palco, foi a dupla lusa que levou a melhor, conquistando o ceptro da GT4 Bronze no Iberian Supercars Endurance e no Campeonato de Portugal de Velocidade. “O título que vencemos, foi a concretização dos objectivos a que nos propusemos no início da época em conjunto com a Veloso Motorsport. Houve um forte empenho de todos na conquista deste ceptro, que se traduziu em dez pódios e sete vitórias em dez corridas, por tudo isto, acho que merecemos este título”, afirmou Jorge Rodrigues.


Patrick Cunha, que juntamente com o seu colega de equipa venceu a segunda corrida de Vila Real, sublinha a competitividade da temporada que se traduziu num crescente interesse da parte dos adeptos de automobilismo. “O campeonato foi realmente espetacular, com corridas fantásticas, lutas giras com vários pilotos diferentes a ganharem. Como já disse em outras ocasiões, depois de em 2022 ter sido necessário adiar a primeira corrida, chegar ao final de 2023 com 34 carros demonstra excelente trabalho realizado pela organização. Os campeões foram conhecidos na última corrida, o que demonstra a grande competitividade que se viveu, o que é sempre bom para o público, que gosta de incerteza e ultrapassagens”, frisou o piloto de Braga.





No entanto, os homens da Veloso Motorsport não ‘dormem sob os louros conquistados’ e estão já focados na próxima temporada, que terá o seu início competitivo a 25 e 26 de Maio no Circuito Jerez, mas terá um teste oficial no Autódromo do Estoril a 9 de Abril. “Estamos a trabalhar para reunir todos os apoios necessários para continuar no Iberian Supercars e Campeonato de Portugal de Velocidade, onde estamos desde a primeira hora. Este é o melhor CPV das últimas décadas quer em qualidade, quer em quantidade de pilotos”, começou por dizer Jorge Rodrigues, que acrescentou: “queremos continuar unidos com a Veloso Motorsport para lutarmos por a revalidação do título conquistado em 2023”.


O campeonato de 2024 promete ser ainda mais competitivo e aguerrido que os anteriores, mas Patrick Cunha aponta que, com os testes de sexta-feira antes de cada um dos eventos, não será necessário realizar uma pré-temporada intensa, estando a equipa a apontar para a sessão de ensaios que se realizará no Autódromo do Estoril antes do início da época. “Estamos focados para treinar em Abril, tirar o máximo partido do teste e tentar fazer o máximo trabalho de afinação, assim como ganhar ritmo. Este ano vamos ter mais testes nas sextas-feiras antes dos eventos, o que será muito bom para ganhar ritmo e para realizar os últimos ajustes no set-up”, concluiu o piloto da Veloso Motorsport.


2023 permitiu a Jorge Rodrigues e Patrick Cunha colocar para trás das costas o desapontamento da temporada anterior, com a conquista do ceptro GT4 Bronze, mas o duo da equipa nortenha não está satisfeita e olha para a próxima época com igual desejo de vencer, sendo, uma vez mais, uma força a ter em conta, quem sabe até na categoria GT4…




23 views0 comments

Recent Posts

See All

Commenti


bottom of page